/Aeronautas cancelam greve

Aeronautas cancelam greve

Os pilotos, copilotos e comissários de voo representados pelo Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) decidiram, em assembleias realizadas nesta quinta-feira (19), aceitar as propostas das companhias aéreas e cancelaram a paralisação do setor, que estava prevista para se iniciar nesta sexta-feira (20).

Na véspera, o Tribunal Superior do Trabalho tinha determinado que, em caso de greve, os aeronautas deveriam manter 80% dos funcionários trabalhando normalmente. A Justiça determinou também multa de R$ 100 mil por dia, caso a decisão não fosse cumprida.
saiba mais

Foram as empresas aéreas que entraram com uma ação no TST sobre a quantidade mínima de funcionários que deveria se manter ativa em caso de uma paralisação.

Os pilotos e comissários reivindicavam reajuste salarial de 8%. Mas a categoria decidiu aceitar um aumento de 5,6%, além de outros itens sociais para melhores condições de trabalho – proposta que anteriormente tinha sido recusada pela categoria.

Segundo o presidente do sindicato, Marcelo Ceriotti, os aeronautas decidiram não iniciar a greve “em respeito aos usuários do transporte aéreo e pela fragilidade do sistema de aviação brasileira”.

Fonte: G1