/Argelinos invadem Gramado

Argelinos invadem Gramado

image

Fotos: Rozangela Allves

Aproximadamente 600 argelinos estão em Gramado na expectativa do jogo entre Nigéria e Coreia do Sul, que acontecerá domingo, às 16h, no Beira Rio, em Porto Alegre. Eles estão esperançosos, que o técnico Vahid Halilhodzic, da Argélia, mude o sistema de jogo e coloque o ídolo, Yacine Brahimi, em campo no jogo de domingo. A Argélia não é um país tradicional no mundial, até hoje jogaram apenas 4 Copas do Mundo, que aconteceram na Espanha, no México, na África do Sul e agora no Brasil. Em Gramado, aproximadamente 70 deles estão hospedados, no Laghetto Vialle. Para o sub-gerente, Marcus Oliveira, o hotel se preparou com o cardápio especial, segue as regras de não oferecer álcool e de não ofertar comida após o sol se por, o hotel segue todas as observações dos costumes dos argelinos para que todos fiquem seguros do que o Brasil pode fazer por eles. No Hotel Serra Azul, estão hospedados aproximadamente 400 argelinos, o hall é uma festa, a bandeira da Argélia se mistura com a do Brasil, fazendo um mosaico de muitas cores, inclusive tem argelinos vestidos com as cores do Brasil. O coordenador do grupo Francisco Ciccione, disse que estão no Rio Grande do Sul, 2.100 argelinos, estes vieram para assistir os jogos com ingressos em punho e já passaram por Belo Horizonte, e por lá, não gostaram da comida, está é a primeira vez que eles vem ao Brasil, Ciccione, diz “adoramos Gramado, mas não do frio”.

image

A jornalista Yamine Merzouk, natural, de Argel, capital da Argélia, confirma que é a sua primeira viagem ao Brasil, disse “estamos gostando do Brasil, já passamos por São Paulo, Belo Horizonte, onde nos decepcionamos com a comida e com a dificuldade de comunicação. Já em Gramado a comida é muito boa e a arquitetura é fantástica.” O câmera men ,Manaa Mehdi Chems Edin, disse “ficamos muito emocionados quando ouvimos os brasileiros cantaram o nosso hino e ajudando o nosso time a ir para frente, é muito bonito, as pessoas são muito gentis”. Na Argélia os principais idiomas são: árabe, francês, inglês, além do dialeto. Yamine e Manaa Mehdi Chems Edin, além de ter vindo especialmente para os jogos, estão aproveitando para fazer uma matéria sobre comidas típicas brasileiras, para o canal El Bilad TV. Sobre o futebol a expectativa deles é que o técnico, Vahid Halilhodzic coloque para jogar o principal jogador que é Brahimi, que no jogo anterior ficou no banco de reservas, e que o time não fique só atacando, mas que também a base fique bem defendida, disseram os dois, como sempre falamos por aqui, todo brasileiro tem um pouco de técnico. Os dois disseram que sonham em ver uma final entre Argélia e Brasil, mas se a Argélia não chegar a final da Copa do Mundo, vão torcer para o Brasil. Yamine, disse que leu em jornais e na internet que muitos brasileiros não estão torcendo para o Brasil, por conta de questões políticas, mas ela disse “em todo o mundo é assim”. O que mais gostaram em Gramado, foi a arquitetura, natureza, gastronomia e as pessoas, pois são gentis, calmas, e respeitosa.

*Essa reportagem teve o apoio de Cassiano Stahl, concierge do Hotel Serra Azul.

A Argélia está no grupo H da Copa do Mundo, veja como é a classificação do grupo:

image

Tabela conforme o site Terra