/Copa das Copas no Sul?

Copa das Copas no Sul?

Foto: Divulgação

Só se ouve falar em Copa do Mundo. Daqui alguns dias nem vamos mais aguentar ouvir esta palavra. Eu gosto de futebol e creio que o futebol em si não tem nada haver com as “gastanças” para as obras e seus entornos. Sou a favor da copa, porém com uma visão critica olhando sempre os dois lados do assunto. Mas em termos de turismo aqui na serra gaúcha, pelo que levantei vai respingar pouco, por hora se tem noticias de argelinos que virão para cá. Por outro lado, falando com vários empresários do setor e da hotelaria já sabe que a ocupação em junho ficará abaixo do esperado e a antecipação das férias escolares em São Paulo poderá respingar no mês de julho, o que está preocupando os setores econômicos da cadeia produtiva do turismo.

Já vi anúncio de setor hoteleiro destacando que em Porto Alegre, cidade que vai receber 4 jogos da Copa a partir de junho, o aeroporto estará mais calmo. Fico impressionada como a expectativa era alta e poucos desenvolveram um trabalho para captar os turistas para serra. E agora? Porém ao andar pela cidade se vê poucos lugares com o verde e amarelo da nossa pátria. A hora da cobrança aos dirigentes deste país, não será exatamente agora quando o pontapé será dado e a bola entra em campo, mas sim no dia das eleições, porque estás eleições devem sim, ser padrão Fifa.

Porém, eu acredito que os estabelecimentos precisam entrar em campo, mostrando a nossa imagem alegre, como de fatos somos. E em se tratando de turismo, gentileza é muito bom, até porque dos turistas que virão, a maioria serão estrangeiros que não vão levar um pedaço do estádio para seus países, e sim a lembrança de dias agradáveis, únicos e inesquecíveis em nosso país.

Façamos nós a nossa parte, mesmo que estamos tristes, furiosos com a desorganização e com as mazelas que estamos atravessando. Para os visitantes, devemos convidá-los a entrar, pois nossas agruras não tem relevância para eles. Falta exatos seis dias para bola rolar vamos aproveitar o momento, que sob o olhar econômico poderia ser bem melhor, se há sete anos atrás tivéssemos começado a fazer o dever de casa.

Quando o assunto é promoção ou a decoração em verde e amarelo durante a Copa, não temos unanimidade.

Outra questão que ainda deixa lojistas em dúvida, é quanto o horário de funcionamento durante os jogos da seleção.

Na véspera e nos dias dos jogos, a ocupação nos hotéis da Capital Gaúcha, se aproxima de 90%.