/Fórum de Secretários e Dirigentes Municipais

Fórum de Secretários e Dirigentes Municipais

image
(Foto: Dinarci Borges)

“Voltar os esforços de todas as lideranças para incentivar e desenvolver o espírito empreendedor dos gaúchos”. Essa foi a proposição do diretor-superintendente do SEBRAE/RS, Derly Fialho, durante a abertura do Fórum de Secretários e Dirigentes Municipais de Desenvolvimento Econômico Região Sul, que ocorre em Gramado nesta quinta e sexta-feira. Para o dirigente, o desenvolvimento de um Estado ou nação só ocorre quando há uma comunidade com atitude empreendedora e citou Gramado como exemplo. “Além da visão estratégica de gestores públicos, o sucesso turístico do município foi construído e sedimentado, sobretudo, pela população local, que percebeu uma oportunidade e teve postura diferenciada para construir juntos o que hoje é um dos destinos mais procurados no Brasil”.

image
(Foto: Divulgação)

No evento que reuniu mais de cem pessoas entre prefeitos e secretários municipais do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul, Fialho defendeu a união de esforços entre instituições públicas e privadas e a construção de relações de confiança mais profundas. “Essa postura é da natureza do SEBRAE, pois não fazemos nada sozinhos. São as parcerias com entes públicos, empresas privadas, instituições e sindicatos, que dão capilaridade e extensão às nossas iniciativas em prol dos pequenos negócios do Rio Grande do Sul. E é isso que o Estado precisa”. Uma das ações do SEBRAE/RS que irá, cada vez mais, incentivar uma postura diferenciada, é o programa de Educação Empreendedora. De acordo com o dirigente, escolas e universidades podem se transformar em berços do empreendedorismo. “Preparando professores e alunos, promoveremos, desde cedo, uma mudança de cultura que vai impactar no desenvolvimento efetivo do RS”, ressaltou.

José Fortunati lembra de responsabilidades

O presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), José Fortunati, lembrou das responsabilidades que, cada vez mais, recaem sobre os municípios, sem a contrapartida financeira adequada por parte do governo Federal. “No final de 2014, grande parte dos 5.570 municípios brasileiros fecharam suas contas no vermelho, o que nos preocupa enquanto gestores públicos que têm a missão de melhorar a qualidade de vida de nossos cidadãos”. Nesta linha, o prefeito de Porto Alegre prevê um ano de grandes ajustes fiscais e tributários, com consequências negativas no repasse de recursos ou em parcerias já firmadas anteriormente. Outro aspecto que pode prejudicar o desenvolvimento das cidades são as consequências da Operação Lava-Jato, que envolve entre 30 e 50 parlamentares citados. “Isso irá paralisar o Congresso Nacional”, justifica.

Crise Hídrica

Um dos temas mais importantes e que será tratado no Encontro dos Municípios com Desenvolvimento Sustentável (EMDS) é a crise hídrica que já atinge vários municípios da região sudeste brasileira, além de um tema antigo que é a mobilidade urbana e a renegociação das dívidas dos municípios com a união. Diante destas e outras dificuldades que se apresentam no cenário brasileiro, Fortunati corrobora com as ideias do diretor-superintendente do SEBRAE/RS, defendendo a importância da união de esforços e busca de parcerias. “O SEBRAE é um exemplo disso. Juntos, poder público e privado poderão gerar políticas concretas de mudanças a demandas históricas de nossos municípios”.

image
(Foto: Divulgação)

Representando o Governo do Estado no evento, o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, e também conselheiro do SEBRAE/RS, Fábio Branco, adiantou que a pasta contará com um setor específico para fazer articulação direta com os municípios. Segundo o secretário, a ideia é estar mais próximo dos prefeitos, os quais conhecem as reais necessidades da população. Nossa parceria para tornar o Estado mais competitivo será com aqueles que, realmente, querem contribuir para o desenvolvimento do RS”, acrescentou.

Evento em Brasília

O evento em Gramado é preparatório ao 3º Encontro dos Municípios com Desenvolvimento Sustentável (EMDS), evento que ocorre em Brasília, entre os dias 7 e 9 de abril, e pretende reunir mais de 5 mil participantes. As atividades seguem com palestras de prefeitos premiados por suas iniciativas no empreendedorismo, entre elas o prefeito de Gramado Nestor Tissot. O projeto que rendeu o reconhecimento Prefeito Empreendedor do SEBRAE/RS à Tissot, em 2014, destacou a importância da atuação de MPEs na realização do Natal Luz, um dos eventos turísticos mais importantes do Estado.