/Garibaldi no Congresso Internacional de Enoturismo

Garibaldi no Congresso Internacional de Enoturismo

A secretária de Turismo e Cultura de Garibaldi, Ivane Fávero, foi convidada para representar o Brasil e a América Latina, como Vice-Presidente da Aenotur, no 5º Congresso Internacional de Enoturismo na última semana. Ela esteve junto ao diretor do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), Carlos Raimundo Paviani, e do editor do blog In Vino Viajas, Rogerio Ruschel, na área da comunicação. O Congresso teve início no dia 2 de julho, em Portugal e foi concluído na última quinta-feira, dia 4, na Espanha. Nesta edição, o evento abordou a procura de enoturismo na Europa, em mercados emergentes e na Internet, com enfoque no Reino Unido, França, Alemanha, Brasil, China, Japão e Rússia.

Antes da abertura oficial, no dia 1 de julho, houve uma coletiva de imprensa. Em seguida, foi inaugurada a sede da Aenotur, na cidade portuguesa de Viana do Castelo. No local, foi montado o espaço do Brasil, Argentina e Uruguai. Garibaldi levou vinhos, espumantes, livros, produtos e uma bandeira – além de oferecer degustação de espumantes locais. A diretoria manifestou o agradecimento à cidade de Viana do Castelo por ter cedido o espaço da sede.

No dia 2, também em Viana do Castelo, ocorreu a abertura oficial do evento. José Arruda agradeceu ao ex-presidente Luiz Aragunde, saudou o novo presidente Jose Maria Costa e toda a diretoria. Posteriormente, apresentou o Congresso Internacional de Enoturismo (Europa).

Foto: Arménio Belo/ Divulgação

Como resultado do evento, fica o aprendizado sobre a oferta e demanda (procura dos turistas) com dados precisos, que ajudarão no planejamento dos destinos. Os objetivos do Congresso responderam a três necessidades: providenciar informação útil e conhecimento a entidades locais e empresas de enoturismo, para ajudar a decidir “porquê, onde, o quê, quando e como” promover a sua oferta de enoturismo nos países enfocados; providenciar uma rede de network com especialistas, profissionais e meios de comunicação online muito importantes para o desenvolvimento de uma estratégia internacional de enoturismo; e providenciar boas práticas e ideias para promover empresas de vinho e destinos para turistas dos mercados enfocados. Entendeu-se que, de modo geral, as pessoas buscam lugares que as façam se sentir especiais e que, além de serem bem tratadas, anseiam uma experiência que toque seus sentidos e seja memorável.

Foto: Arménio Belo/ Divulgação

Viana do Castelo recebeu a Assembleia e dois dias de Congresso, incluindo visitas às cidades vizinhas (Melgaço, Monção, Ponte da Barca, Ponte de Lima ), com três grupos distintos em cada cidade. O último dia do Congresso foi  em Cambados, na Espanha. O próximo encontro do Congresso está previsto para ocorrer em setembro, no Uruguai.

Foto: Arménio Belo/ Divulgação

A Aenotur

Fundada a 7 de maio de 2014 no Município de Cambados, contando com promotores de Europa e Latino América, a Associação Internacional de Enoturismo  (Aenotur) é formada por municípios e entidades gestoras de turismo vinculadas à cultura do vinho e promotoras de rotas dos vinhos. Defende as atividades agrícolas e a sustentabilidade dos recursos para dinamizar o setor vinícola e considera que o património histórico e etnográfico, que rodeia o mundo do vinho, merece todos os esforços necessários para a sua conservação e divulgação. Entende que a qualidade, o conhecimento, o trabalho bem feito e a excelência são valores que contribuem para dinamizar o setor e para gerar riqueza no território e que o vinho é um bem cultural e um alimento de alta expressão.