/Marta & Silvia é a 1ª empresa de eventos do Brasil a ingressar na OMT

Marta & Silvia é a 1ª empresa de eventos do Brasil a ingressar na OMT

Os diretores Marcus Rossi, Marta Rossi e Eduardo Zorzanello comemoram a conquista no 25º ano de fundação da empresa

                                                             Foto: Cleiton Thiele/Serra Press

 

Empresa gramadense obteve a chancela da agência das Nações Unidas na semana passada

A empresa Marta Rossi & Silvia Zorzanello – Feiras e Empreendimentos, de Gramado (RS), obteve uma chancela inédita no mercado internacional: é a primeira empresa brasileira de eventos certificada na Organização Mundial do Turismo (OMT), agência das Nações Unidas composta por membros de 155 países. No Rio Grande do Sul, apenas a Secretaria Municipal de Turismo de Bento Gonçalves e a Associação Turística de Caxias do Sul já são afiliadas. Na prática, a partir de agora a empresa – que está completando 25 anos de fundação – estará integrada a uma ampla rede de organizações não-governamentais comprometidas com o turismo sustentável e socialmente responsável, e pode usufruir da expertise da OMT e dos demais membros para orientar novas políticas e incrementar seu nível de competitividade.

A confirmação ocorreu durante a 95ª Sessão do Conselho Executivo da OMT, realizada em Belgrado, na Sérvia, entre 27 e 29 de maio. Foram aprovadas as candidaturas de 39 novos membros afiliados, sendo a Marta & Silvia e a Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa) as únicas do Brasil. “É um marco para a empresa, porque consolida nossa real internacionalização, tanto para os eventos próprios como os terceirizados que promovemos”, afirma a diretora Marta Rossi, que fundou a empresa em 1988, ao lado da sócia Silvia Zorzanello, falecida em 2010. Hoje, administra o escritório ao lado do filho de Silvia, Eduardo Zorzanello, e do filho dela, Marcus Vinícius Rossi. Realiza dois eventos próprios: o Festival do Turismo de Gramado (Festuris), que completa 25 anos, e o Chocofest – Páscoa em Gramado, que teve sua 18ª edição neste ano.

Este novo ingresso contribui para reforçar a posição do Brasil no cenário turístico mundial. Plenamente habilitado para exportar conhecimento e experiência turística, o País é reconhecido como uma das grandes potências do mundo no setor e está às vésperas de receber megaeventos como a Copa do Mundo (2014) e as Olimpíadas (2016). “Com 20 vagas no Comitê dos Membros Afiliados da OMT, o Brasil poderá participar mais diretamente na tomada de decisões em prol do turismo global”, diz o diretor-executivo de Competitividade, Relações Externas e Parcerias da organização, Márcio Favilla, que é brasileiro e ocupa o cargo desde 2010. Ele, que já atuou como vice-ministro do Turismo, foi um dos intermediadores na certificação da empresa gaúcha junto à OMT. Na próxima semana, Marcus Rossi e Eduardo Zorzanello visitarão a sede da OMT, em Madri, na Espanha, onde serão recebidos por Favilla e pela diretora do Programa de Membros Afiliados da organização, Yolanda Perdomo, e conhecerão as políticas de atuação na agência das Nações Unidas.