/Mostra Gaúcha de Longas começa hoje

Mostra Gaúcha de Longas começa hoje

Foto: Divulgação (“Janeiro 27”)

Além das mostras competitivas, o 42º Festival de Cinema de Gramado realiza a Mostra Gaúcha de Longas-Metragens, que começa nesta segunda-feira e vai até sexta-feira. “Janeiro 27”, de Luiz Alberto Cassol e Paulo Nascimento, será exibido hoje em sessão especial, a partir das 21h30min, no Palácio dos Festivais. O documentário trata da tragédia ocorrida na boate Kiss, em Santa Maria, no início de 2013.

A mostra apresenta ainda “O Mercado de Notícias”, de Jorge Furtado, “Mamaliga Blues”, de Cassio Tolpolar, “O Céu Sobre Mim”, de Gian Vittorio Baldi, “Dromedário no Asfalto”, de Gilson Vargas, “Balões, Lembranças e Pedaços de Nossas Vidas”, de Frederico Pinto. Esses cinco longas serão exibidos às 16h, no Palácio dos Festivais.

tumblr_inline_na5q7rZjQf1rgry7c

Foto: Dani Vilar/Divulgação 

Nesta segunda-feira, começa também a mostra competitiva de longas-metragens estrangeiros, com a exibição do filme “El Critico”, de Hernán Guerschuny. O filme será apresentado às 19h, no Palácio dos Festivais, com a presença do diretor e do produtor Pablo Udenio.

Os outros quatro títulos serão exibidos ao longo desta semana. Uma curiosidade na mostra latina é que dos cinco filmes em competição, quatro são de diretores estreantes em longas-metragens, com exceção de “El Lugar Del Hijo”, de Manuel Nieto.

tumblr_inline_na5qe45iFR1rgry7c

Foto: Divulgação (O ator Flávio Migliaccio é o homenageado com o troféu Oscarito)

Já na terça-feira, o ator Flávio Migliaccio(foto) é o homenageado com o troféu Oscarito nesta 42ª edição do Festival de Cinema de Gramado. Ainda emocionado com a distinção, o ator revisita as seis décadas de carreira artística, nas quais ele fez desde chanchada, pornochanchada, cinema novo até chegar às comédias na atualidade.

Sobre a homenagem que receberá nesta terça-feira, às 21h30min, no Palácio dos Festivais, Migliaccio se diz emocionado. “Por ser uma homenagem tão importante, tão inesperada, é impossível imaginar qualquer coisa, principalmente para mim que nunca estabeleci metas, qualquer plano e deixei sempre que as coisas fossem acontecendo de acordo com meu instinto. De qualquer maneira, não vou esquecer um lenço, pois sei que vou me emocionar”, conclui o ator.