/Mundo a Vapor encanta visitantes com réplicas em movimento

Mundo a Vapor encanta visitantes com réplicas em movimento

Em 2016, o Mundo a Vapor completou 25 anos encantando os visitantes em Canela- RS. Inaugurado em dezembro de 1991, o parque chama atenção pela riqueza de detalhes e fidelidade de réplicas em escala reduzida de diversas máquinas, fábricas e usinas, que totalizam mais de 20 atrações, em movimento. Logo na fachada, o visitante é surpreendido pela reprodução de um trágico acidente ferroviário, ocorrido em 1895 na França. O acidente de Montparnasse em Paris aconteceu quando uma locomotiva cruzou desgovernada e em alta velocidade a estação, e atravessou uma parede, ficando pendurada a 12 metros de altura. Apesar de muita gente no momento do acidente, houve apenas uma vítima. (Foto: Sergio Azevedo/ Divulgação)

Com uma área total de 6.500 m², divididos em 2 mil m² de ambiente climatizado e 4.500 m² de área externa, o Mundo a Vapor reúne mais de 20 atrações em 24 cenários, todas em movimento e pleno funcionamento a vapor, com produção de papel, tijolos, telhas, vergalhões, energia, etc. São diversas fábricas, incluindo serraria, olaria, fábrica de papel, siderúrgica, usinas de energia e até um raro relógio a vapor, que só tem no parque e em Vancouver no Canadá. A equipe de monitores do parque acompanha os visitantes durante o passeio, explicando de forma didática e muito bem humorada sobre o funcionamento das réplicas, construídas em proporções exatas. Isso faz o Mundo a Vapor uma referência em parques com muito aprendizado e cultura, oferecendo um universo em movimento e com perfeição nos detalhes para explicar de forma criativa sobre o crescimento e desenvolvimento das indústrias e a cultura do Brasil, ideal para crianças e grupos escolares. O tour pelo parque inclui ainda um passeio de trenzinho, onde o visitante interage com uma réplica da Maria Fumaça.
O Mundo a Vapor conta ainda com outras atrações, além das réplicas em escala reduzida. O complexo possui uma loja de vinhos, o Empório Urbani, loja onde você encontra diversos produtos, roupas, objetos para decoração e souvenirs do passeio e a Photo Antiga, local que possibilita você voltar no tempo e tirar fotos usando roupas e acessórios de época em um cenário antigo. Para quem quer aproveitar o passeio para fazer um lanche, o parque dispõe de um espaço café, com mesas e máquinas de café e snacks.
História
A origem do Mundo a Vapor surge da criatividade da família Urbani. Os irmãos Omar e Benito foram os responsáveis pela construção das réplicas e atrações do parque temático em uma oficina em Canela. A história da família começa no início do século XX, com a imigração italiana. Junto com a esposa, o pai Ernesto Urbani escolheu a cidade de Canela para viver, depois de uma viagem de três dias no lombo de um cavalo, em 1927. Na cidade, ele abriu uma oficina mecânica de conserto de máquinas a vapor. Os filhos Omar, Benito e Hermes cresceram dentro da oficina e apaixonados por máquinas a vapor, passaram a criar artesanalmente réplicas, reproduzindo o processo industrial completo. A primeira das miniaturas foi criada em 1950 por Omar Urbani, com sobras de material. O sonho de construir o parque temático foi de Benito Urbani, que formatou e cuida até hoje do Mundo a Vapor.
Serviço:
Horário de atendimento: 9h às 17h
Em Julho, Novembro, Dezembro e Janeiro.
Nos demais meses fechado às quartas-feiras. Aberto todos os dias das 9h às 17h
Endereço: RS 235, Estrada Gramado/Canela – Canela (RS)
Telefone: (54) 3282-1125
E.mail: mundo@mundoavapor.com.br
Facebook: mundoavapor
Site: www.mundoavapor.com.br
Ingressos: Adulto R$ 28,00. Acima de 60 anos, crianças de 6 a 15 anos e estudantes R$ 14,00
Crianças até 5 anos não pagam.
Passeio de trenzinho INCLUSO no ingresso.

Foto: Passeio de Trenzinho. Crédito: Robson Xavier/ Divulgação

A menor fábrica do Mundo está no Mundo a Vapor em Canela
Dentre as diversas atrações que encantam e chamam a atenção dos visitantes do Mundo a Vapor em Canela está a menor fábrica de papel do mundo. A réplica em escala reduzida de 8m x 3m de tamanho reproduz com fidelidade uma verdadeira fábrica de papel. Foi construída em 1993 e produz cerca de 20 metros de papel por hora. Movida a vapor, a pequena fábrica produz pequenos pedaços de papel que os visitantes podem levar para casa de recordação.
Lenha e água são as matérias-primas utilizadas na produção. A lenha é moída com água, gerando a base para o papel. Cria-se uma pasta, que é então misturada a água, corante e papel reciclado moído. Essa mistura vai para o sistema de vácuo, que já elimina 50% da água contida na folha de papel. Na segunda etapa o papel é prensado por 8 cilindros que definem sua espessura. Por último, a folha é seca em 10 cilindros aquecidos a 120°C com o vapor da caldeira. Além da Fábrica de Papel, o Mundo a Vapor possui mais de 24 atrações, que reproduzem máquinas, usinas e fábricas com perfeição em detalhes, todas em movimento, movidas a vapor.

Foto: Fábrica de Papel. Crédito: Cibele Pecin/ Divulgação

Réplica de Olaria produz mini tijolos no Mundo a Vapor
No Mundo a Vapor em Canela – RS as mais de 24 atrações impressionam os visitantes pela perfeição em detalhes. Máquinas, fábricas e usinas reproduzidas em escala reduzida são movidas a vapor e estão em pleno funcionamento, inclusive produzindo objetos e energia. Construída em 1992, a Olaria, que mede 7m x 3m é um dos destaques do parque, sendo uma das mais queridas pelo público.
A história cultural da Olaria é resgatada durante o passeio, com uma aula prática do funcionamento da máquina. Essa réplica produz cerca de 300 tijolos e telhas por dia, que cabem em um dedo. Todo o processo de transformação da argila em tijolo é recriado no local. Essa Olaria usa máquina a vapor para mover a prensa e maromba, suas máquinas de produção. Depois da fabricação, os tijolos são colocados para secar em galpões à sombra durante 10 dias. Posteriormente são levados ao forno para queimar a 900°C. O Mundo a Vapor dispõe ainda de mais de 24 atrações em um passeio que conta a história do desenvolvimento industrial do país, com reprodução fiel de diversas máquinas.

Foto: olaria. Crédito: Sergio Azevedo/ Divulgação

Criador do Mundo a Vapor, Seu Benito completa 25 anos de dedicação e interação com os visitantes
Quem visita o universo em movimento do Mundo a Vapor em Canela pode encontrar o criador das atrações durante a jornada pelas mais de 24 atrações do parque. Aos 78 anos, Seu Benito Urbani não abre mão de estar no parque e trabalhar na criação e manutenção das atrações que ele e seu irmão Omar, construíram em suas vidas. Desde a inauguração do parque, em 1991, Seu Benito se dedica ao trabalho no Mundo a Vapor, completando 25 anos em 2016.
Diariamente, Seu Benito aparece no parque e acompanha a rotina e o trabalho de perto. Muitas vezes, o criador que transformou o sonho do Mundo a Vapor em realidade, interage com os visitantes. Junto com os monitores, ele acompanha o passeio e auxilia na explicação do funcionamento das atrações e resgata lembranças e tradições.

Foto: Relógio a vapor. Crédito: Robson Xavier/ Divulgação

Relógio a vapor
O Mundo a Vapor também possui uma raridade entre suas atrações. Existem apenas dois relógios movidos a vapor no mundo inteiro. Um deles está no parque em Canela e funciona perfeitamente, apitando de hora em hora. O outro encontra-se na cidade de Vancouver no Canadá.