/Noite de homenagem para “Sargento Getúlio”

Noite de homenagem para “Sargento Getúlio”

Depois de rever trechos de “Sargento Getúlio” – filme homenageado da noite desta terça-feira (13) com o Troféu Cidade de Gramado-, as primeiras palavras de Lima Duarte foram: “Como eu envelheci!”. Ele subiu ao palco do Palácio dos Festivais ao lado do diretor Hermano Penna para receber a homenagem. “Foi um filme muito apaixonado. Talvez esse seja meu melhor filme em termos de interpretação. Foi uma atuação visceralmente apaixonada. Apaixonei quase com desespero. E percebo que essa paixão que nos moveu naquela época está impressa na película”, afirmou emocionado.

Quem também subiu ao palco do Palácio dos Festivais foi o diretor de “Sargento Getúlio”, Hermano Penna. Ele, que esteve ao lado de Lima Duarte em uma coletiva de imprensa antes da homenagem, compartilhou do mesmo entusiasmo do ator, relembrando a importância do Festival de Cinema de Gramado para a carreira do filme. “Foi aqui que a carreira de ‘Sargento Getúlio’ começou e a minha carreira cinematográfica também. A alegria é a mesma de 30 anos atrás”, lembrou.

Durante a noite no Palácio dos Festivais, mais filmes em competição foram exibidos: os curtas “Os Irmãos Mai”, de Thais Fujinaga, e “Sanã”, de Marcos Pimentel. Já entre os longas, “Repare Bem”, de Maria de Medeiros, e “A Bruta Flor do Querer”, de Andradina Azevedo e Dida Andrade, ganharam suas sessões de exibição.

O Festival de Cinema é uma realização do Ministério da Cultura e da Prefeitura de Gramado. Conta com financiamento da Secretaria de Estado da Cultura, patrocínio master da Petrobras, patrocínio da Stella Artois e Oi, copatrocínio do Banrisul e apoio especial da DUOCASA. A Um Cultural é responsável pelo planejamento cultural e produção do evento.

Repórter: Matheus Pannebecker

Foto: Edison Vara/PressPhoto