/Olimpíada Colonial movimentou quatro distritos no final de semana

Olimpíada Colonial movimentou quatro distritos no final de semana

 

 

 

 

Mais quatro comunidades do interior de Caxias do Sul receberam etapas da Olimpíada Colonial da Festa Nacional da Uva no final de semana. O sábado foi dia de competição em Criúva. No domingo, Vila Seca, Vila Oliva e Fazenda Souza sediaram as provas. As edições da Olimpíada Colonial contam com a participação de pessoas de várias idades, nas mais diversas atividades sobre o cotidiano do colono. Nos distritos, a presença de participantes com mais de 80 anos chama a atenção. (Foto: Luciane Modena/ Divulgação)
É o caso da competidora mais velha a jogar em Vila Seca, na manhã de domingo. Lúcia Orfélia Nicola, 84 anos, está há dois anos em Caxias do Sul. “Nunca tinha visto a Olimpíada Colonial e ainda quero visitar os Pavilhões. As provas são muito divertidas”, conta, ao lado do marido, Irineu Nicola, 83 anos. Filhos e netos dos dois também competiram.
Nascido em Vila Seca, Alci Medeiros, 82 anos, foi outro octogenário a participar pela primeira vez, competindo no arremesso de queijo. “Pensei que era de borracha, mas é bastante pesado!”, conta, aos risos. “Sempre morei aqui, e é muito bonito ver a comunidade participando.”

Lúcia Orfélia Nicola - 84 - Irineu Nicola - 83
Foto: Lúcia Orfélia Nicola, 84 e Irineu Nicola, 83. Crédito: Luciane Modena/ Divulgação

Da parte da organização da Olimpíada Colonial, Angelina Bonatto, 82 anos, levantou às 6h a fim de preparar os pedaços de massa para a prova de fazer bíguli. “Para hoje, foram 10 quilos, porque são três etapas. É tudo bem limpinho e reaproveitado. Nada vai fora depois da Olimpíada!”, garante. Dona Angelina aprendeu a fazer bíguli ainda criança, e prepara a massa para a Olimpíada Colonial todos os anos.
Desvio Rizzo deve receber a Olimpíada Colonial no próximo sábado (27), Galópolis e Vila Cristina participarão dos jogos no domingo (28). Os primeiros colocados em cada categoria representam sua comunidade na grande final, dia 6 de março, na Rua Plácido de Castro.