/Os vencedores do 42° Festival de Cinema de Gramado

Os vencedores do 42° Festival de Cinema de Gramado

Foto: Cleiton Thiele/Divulgação

Após oito dias de exibições e debates, a 42ª edição do Festival de Gramado chegou ao fim. Durante o período, foram projetados 68 filmes, sendo 44 curtas e longas-metragens, nacionais e estrangeiros, dentro da mostra competitiva. Pela primeira vez na história, o evento concedeu premiação em dinheiro. Foram distribuídos 37 prêmios entre kikitos e menções especiais.

A cerimônia de premiação contou com a participação do cantor e compositor Nei Lisboa. Do orçamento de R$ 3,128 milhões, um total de R$ 280 mil foi separado para premiar os vencedores do troféu dourado. A iniciativa, até inédita em Gramado, coloca o evento lado a lado com outros o gêneros no Brasil. Para João Pedro Till, presidente da Gramadotur, “o prêmio em dinheiro serve como uma espécie de incentivo à produção cinematográfica e por isto é cada vez mais comum, nós prometemos e cumprimos”.  Na avaliação final Till apontou que no macro foi muito satisfatório. “Estamos com relatório interno e percebemos que podemos evoluir ainda mais”. Para ele o Festival  contou com muita leveza e cordialidade entre o público, o mundo cinematográfico e a imprensa. “Os convidados e homenageados foram muito acessíveis e estiveram sempre presente, e isto faz uma diferença no dia-a-dia do Festival”.

O próximo Festival deverá acontecer em datas semelhantes, porém Till destaca, “vamos analisar o final de semana do dia dos pais, pois muitos querem ir ao cinema e tem os compromissos familiares o que de certa forma impede de aproveitar este momento único em nossa cidade”, finalizou ele contente pelo dever cumprido.

tumblr_inline_nainxoiWjR1rgry7c

Foto: Edison Vara/Divulgação

CURTAS-METRAGENS

MELHOR FILME
“Se Essa Lua Fosse Minha”, de Larissa Lewandowski

DESENHO DE SOM
Guga Rocha, por “História Natural”

TRILHA MUSICAL
“Sem Título #1: Dance of Leitfossil”

DIREÇÃO DE ARTE
Caio Ryuichi Yossimi, por “O Coração do Príncipe”

MONTAGEM
Carlos Adriano, por “Sem Título #1: Dance of Leitfossil”

FOTOGRAFIA
Giovanna Pezzo, por “La Llamada”

ROTEIRO
Caio Ryuichi Yossimi, por “O Coração do Príncipe”

tumblr_inline_naij4kXQNc1rgry7c

Foto: Cleiton Thiele/Divulgação (“O Coração do Príncipe” foi eleito o melhor roteiro)

ATRIZ
Rafaela Souza, por “Carranca”

ATOR
Guilherme Silva, por “Carranca”

PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI
“O Clube”, Allan Ribeiro

MELHOR FILME / Júri Popular
“A Pequena Vendedora de Fósforos”, de Kyoko Yamashita

MELHOR FILME / Júri da Crítica
“A Pequena Vendedora de Fósforos”, de Kyoko Yamashita

MELHOR DIRETOR
Gustavo Vinagre, por “La Llamada”

PRÊMIO CANAL BRASIL
“A Pequena Vendedora de Fósforos”, de Kyoko Yamashita
PRÊMIO DOM QUIXOTE
“Las Analfabetas”, de Moisés Sepúlveda
LONGAS-METRAGENS LATINOS

tumblr_inline_naiiwy4BzE1rgry7c

Foto: Edison Vara/Divulgação (Felipe Dieste foi eleito o melhor ator com o filme “El Lugar Del Hijo)

MELHOR FILME
“El Lugar Del Hijo”, de Manuel Nieto

MELHOR FOTOGRAFIA
Arnaldo Rodriguez, por “Las Analfabetas”

MELHOR ROTEIRO
Manuel Nieto, por “El Lugar Del Hijo”

MELHOR ATRIZ
Paulina Garcia e Valentina Muhr, por “Las Analfabetas”

MELHOR ATOR
Felipe Dieste, por “El Lugar Del Hijo”

MELHOR FILME / Júri Popular
“Esclavo de Dios”, de Joel Novoa

MELHOR DIRETOR
Moisés Sepúlveda, por “Las Analfabetas”

MELHOR CURTA / Júri da Crítica
“La Llamada”, de Gustavo Vinagre

MELHOR LONGA LATINO / Júri da Crítica
“El Crítico”, de Hernán Guerschuny

MELHOR LONGA BRASILEIRO / Júri da Crítica
“Sinfonia da Necrópole”, de Juliana Rojas

LONGAS-METRAGENS BRASILEIROS

tumblr_inline_naikq1TYq31rgry7c

Foto: Cleiton Thiele/Divulgação (Elenco de “A Estrada 47”, vencedor do prêmio de Melhor Filme)

MELHOR FILME
“A Estrada 47”, de Vicente Ferraz

MELHOR DESENHO DE SOM
Branco Neskov, por “A Estrada 47”

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Andrea Buzato, por “Os Senhores da Guerra”

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Paulo Betti, por “Infância”

MELHOR TRILHA MUSICAL
Alceu Valença, por “A Luneta do Tempo”

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE
Moacyr Gramacho, por “A Luneta do Tempo”

MELHOR MONTAGEM
Tina Saphira, por “Infância”

MELHOR FOTOGRAFIA
Eduardo Makino, por “A Despedida”

MELHOR ROTEIRO
Domingos Oliveira, por “Infância”

MELHOR ATRIZ
Juliana Paes, por “A Despedida”

MELHOR ATOR
Nelson Xavier, por “A Despedida”

tumblr_inline_naikw8nE7l1rgry7c

Foto: Edison Vara/Divulgação (Nelson Xavier foi eleito o melhor ator com o filme “A Despedida”)

PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI (1)
“Os Senhores da Guerra”, de Tabajara Ruas

PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI (2)
Fernanda Montenegro, por “Infância”

MELHOR FILME / Júri Popular
“O Segredo dos Diamantes”, de Helvécio Ratton

MELHOR DIRETOR
Marcelo Galvão, por “A Despedida”