/Otimismo para superar as dificuldades

Otimismo para superar as dificuldades

Os hotéis de Porto Alegre apresentaram uma queda de 21% na ocupação em março deste ano em relação ao mesmo período de 2014. No ano passado, a rede hoteleira gaúcha apresentou uma média de 60% das vagas ocupadas nos mais de 90 hotéis da Capital e região Metropolitana. Os dados foram divulgados na última semana pelo presidente do Sindicato da Hotelaria de Porto Alegre e diretor da Rede Plaza de Hotéis, Carlos Henrique Schmidt.

De acordo com ele, Porto Alegre possui três tipos de hóspedes: o de negócios, o de turismo de eventos (congressos e seminários) e o de lazer (compras e conhecer a cidade). Conforme Schmidt, a crise econômica brasileira afeta principalmente o turismo de negócios na Capital. “Estamos percebendo uma diminuição na presença do público que participa dos eventos de negócio”. Os hóspedes que participam do turismo de negócios ficam em média na rede hoteleira da Capital de um a três dias. “Temos convicção de que a realidade vai mudar e que superaremos todas as dificuldades”, diz ele.

image
Foto: Divulgação

Conforme Schmidt, a rede hoteleira é responsável por quatro mil funcionários em Porto Alegre, podendo chegar a mais oito mil indiretos. Segundo o Boletim Estatístico Municipal do Turismo (Bemtur) da Secretaria Municipal de Turismo, a arrecadação do segmento de hospedagem em Porto Alegre foi a que mais cresceu entre os setores envolvidos com o turismo em 2014, muito por conta da realização da Copa do Mundo em Porto Alegre, com um valor de R$ 14,5 milhões para os cofres municipais.