/Palestra na ACINP apresenta novas oportunidades para o turismo de Nova Petrópolis

Palestra na ACINP apresenta novas oportunidades para o turismo de Nova Petrópolis

Nova Petrópolis é um destino em franco crescimento no trade turístico da Serra Gaúcha, visitado especialmente por turistas e famílias em busca de lazer e tranquilidade. Este cenário, porém, tem muito mais a oferecer, de acordo com a especialista e consultora em turismo, Vaniza Schuler, conforme esclareceu ela durante a palestra “Turismo de Negócios em Nova Petrópolis: como nos preparamos?”, evento que aconteceu no dia 04 de novembro, promovido pelo Fundo de Turismo na Associação Comercial e Industrial de Nova Petrópolis – ACINP. Junto com a palestrante, cerca de 30 empresários do segmento discutiram as possibilidades do turismo de negócios e eventos no contexto do município, e as oportunidades advindas da captação de eventos para a cidade.

Iniciado com um café da manhã, o evento foi aberto pelo presidente da ACINP, Cláudio Ricardo Michaelsen, que esclareceu a intenção do Fundo de Turismo em conhecer melhor o segmento. “Já temos consolidada uma boa posição entre os destinos turísticos da Serra Gaúcha, porém a sazonalidade é uma grande dificuldade para os empresários do município. Queremos incentivar o turismo de negócios e abrir novas perspectivas para nossos negócios”, disse Michaelsen.

image
Foto: Divulgação

Durante a palestra, Vaniza explicou o turismo conhecido como M.I.C.E., sigla que divide o turismo de negócios e evento em quatro áreas: reuniões, de incentivo, conferências e exibições. “O turismo de negócios é diferente do lazer, porém é tão rentável quanto. Nova Petrópolis certamente pode viabilizá-lo, pois já possui toda estrutura necessária e seria um destino muito visado por empresas e associações. É possível iniciar devagar, explorando um dos segmentos: formatar um projeto e começar a oferecer” afirmou a palestrante.

image
Foto: Divulgação

A coordenadora do Fundo de Turismo, Luciane Schommer, corroborou com as afirmações de Schuler. “Precisamos buscar alternativas para nosso turismo para não dependermos somente da alta temporada e do turista de lazer. Queremos organizar, em parceria com a iniciativa privada, novas oportunidades para que toda a cadeia produtiva do município seja beneficiada” confirma Luciane.