/Porto Alegre terá 19ª Parada Livre no domingo

Porto Alegre terá 19ª Parada Livre no domingo

A capital gaúcha será palco, no próximo domingo, 8, da 19ª Parada Livre de Porto Alegre, que movimentará a mais querida área verde da cidade, o Parque Farroupilha (Redenção). O evento, organizado de forma coletiva por mais de 12 entidades do movimento social LGBT local, faz parte do calendário oficial da cidade e promove uma série de atividades de confraternização e mobilização. A capital gaúcha é o 7º destino gay-friendly do Brasil que tem o reconhecimento da Embratur.

A Parada Livre acontece desde 1997, sendo o segundo evento de rua no país na defesa da liberdade LGBT, no combate à discriminação e à homofobia. Neste ano, o tema da Parada Livre será “Lesbitransviadagens: Frente contra o retrocesso”. Com um público estimado em 50 mil pessoas pelos organizadores, a Parada Livre contará com delegações de cidades do interior do Rio Grande do Sul, o que já uma tradição no evento. Entre as cidades estão Caxias do Sul, Cruz Alta, Criciúma, Passo Fundo, Pelotas, Rio Grande e Santa Maria.

Foto: Divulgação

 

Toda a movimentação terá início às 14h, na rótula da rua Setembrina, junto à Redenção, reunindo milhares de gays, lésbicas, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros e pessoas de todos os tipos, raças, classes sociais contrárias a homofobia e que assumem a defesa do direito à livre expressão sexual. Próximo ao final da tarde acontecerá o tradicional e colorido desfile, que este ano terá oito trios elétricos circulando pelas avenidas Osvaldo Aranha e João Pessoa, ao redor do parque, com muita música e festa.

Foto: Divulgação

 

A programação não se limita às ruas e nem à festa. A Parada Livre é precedida de um seminário de debates, palestras e mesas redondas com a participação de ativistas do movimento LGBT locais e convidados, núcleos acadêmicos de estudos de gênero e sexualidade, ciência política entre outras áreas, do país e do exterior.

Foto: Divulgação

 

Tanto a Parada como o seminário são organizados pelos grupos Nuances, Somos, LBL, Juntos LGBT, Diversxs, Freeda, G8 Generalizando, Nupsex, Criolos, Frente Quilombola, Outra Visão, Mães Pela Diversidade, Núcleo Diversidade OAB\RS, Coletivo Ana Montenegro, Coletivo LGBT Comunista, IBRAT, rede colaborativa Freeda e Mundo Invisível. Há ainda os apoios institucionais da Assembleia Legislativa do Estado, Sindicato dos Bancários, Comissão de Cidadania e Direitos Humanos, da Secretaria Municipal de Turismo por meio do programa Porto Alegre LGBT que inseriu a capital gaúcha entre os destinos gay-friendly do país, e da Secretaria Municipal de Direitos Humanos/Secretaria Adjunta da Livre Orientação Sexual.

Foto: Divulgação

 

Porto Alegre LGBT – O programa estruturado pela Secretaria Municipal de Turismo sensibiliza entidades e empresas do receptivo local para o turismo LGBT, considerado um dos mais relevantes mercados de viagens no mundo. O objetivo é tornar a capital gaúcha referência entre os destinos turísticos identificados como gay friendly, quer por suas características de cidade que respeita e defende as diversidades, as conquistas e os direitos dessa comunidade, como pela qualidade de seus serviços e boas práticas de acolhimento.