/“Pra Ficar Na História” estreia em Garibaldi

“Pra Ficar Na História” estreia em Garibaldi

(Foto: Gabriela Grillo)

 

O curta-metragem “Pra Ficar Na História” estreou no último sábado, 17 de janeiro, na Oficina Fitarelli. Os presentes puderam prestigiar o trabalho filmado em julho de 2014 em Garibaldi, que relata os quarenta anos de empenho de Luiz Henrique Fitarelli em preservar a cultura e tradição dos imigrantes italianos.

Veterinário de profissão, Fitarelli aprendeu cedo a escutar as histórias da imigração italiana, contadas em dialeto vêneto pelos “nonnos” enquanto trabalhavam na ferraria e sapataria da família. Assim nasceu a paixão que o fez largar a profissão para se dedicar exclusivamente ao trabalho de restauro de móveis. Por meio dessa atividade ele pôde financiar a construção de uma vila italiana, conforme os moldes do final do século XIX. Nela, constam mais de oito mil objetos relacionados à colonização, distribuídos em diversas construções, que constituem o maior acervo etnográfico sobre a imigração italiana que se tem conhecimento no sul do Brasil.

(Foto: Gabriela Grillo)

 

Na estreia, a Secretária de Turismo e Cultura, Ivane Fávero, saudou os convidados e ressaltou que todo o trabalho realizado por Fitarelli merece o registro. “Com certeza esse projeto vai preservar a nossa cultura, ainda mais após a gravação do curta”. Ela ressaltou, ainda, que 2015 será um ano muito produtivo no setor audiovisual para Garibaldi, e isso tem um impacto muito positivo na cultura e também na economia do município.

O diretor Boca Migotto comentou o processo de gravação e agradeceu aos apoiadores do projeto. O Prefeito em Exercício, Antônio Fachinelli, afirmou que o município deve muito a Fitarelli “por fazer Garibaldi e as pessoas que a fundaram permanecerem vivos na memória de todos que conhecem esse trabalho”.

(Foto: Gabriela Grillo)

 

O protagonista, Luiz Henrique Fitarelli, disse que, após longos anos de empenho, agora colhe os frutos desse trabalho. “Raiz é muito importante. A gente tem que ter e passar isso aos jovens”, ressaltou. Para ele, a produção coroa o amor que tem por Garibaldi. “Isso move a gente para tentar preservar essa história”.

O curta será exibido em 31 de janeiro, às 12h30, na RBS TV, no programa Histórias Curtas. Após sua exibição na televisão, ocorre uma votação no site do projeto, no qual os telespectadores podem atribuir uma nota ao curta que assistiram. A produção que obtiver nota mais alta será a vencedora do Melhor Curta – Júri Popular, do Prêmio Histórias Curtas.

(Foto: Gabriela Grillo)

 

A equipe do documentário “Pra Ficar Na História” é composta pelo diretor de cena Boca Migotto, o diretor de fotografia Bruno Polidoro, a diretora de produção Deise Chagas, a produtora executiva Mariana Müller, Gabriela Bervian no Som Direto, o assistente de câmera Caio Rodrigues, o eletricista e câmera Juan Quintáns e o motorista Valdoir, da Tesch Transportes. O curta-metragem é uma realização da Epifania Filmes e da RBS TV, por meio do Projeto Histórias Curtas, e contou com o apoio da Associação Banco do Brasil, Cooperativa Vinícola Garibaldi, Trattoria Primo Camilo, Vinícola Vaccaro, restaurantes Tempero Buffet, Fenachamp, Café Luna Park, Dolce Mattina, Retrô Gourmet, além da Garibaldi Film Comission e da família Fitarelli.