/4 perguntas para Mauricio Brock

4 perguntas para Mauricio Brock

Mauricio Brock é diretor executivo da Prawer Chocolates.

 
1 – Como foi a venda de chocolate neste período da pandemia?

Tivemos momentos bem críticos, quando ficamos impossibilitados de abrir as nossas lojas aqui em Gramado. Também, no período das duas últimas Páscoas, que coincidiram com a primeira e segunda onda da pandemia. Foi um teste para a resiliência. Mas foi a hora de olharmos para dentro e nos reinventarmos. Desenvolvemos uma linha de produtos especial para lojas multimarcas e fomos com tudo para o mercado. Abrimos uma série de novos clientes e deixamos de ser tão dependentes do mercado de Gramado. Hoje já está melhor. O movimento em Gramado está melhorando. A temporada de inverno foi muito boa e temos grandes expectativas para a temporada de Natal. E claro, estamos trabalhando muito atentos aos protocolos de segurança, para não dar margem de crescimento para a pandemia, tanto pelas questões sanitárias, quanto pelas questões econômicas.

Loja Prawer em Gramado - Foto: João Ricardo


 2- O candidato à presidência da França, Jean-Luc Mélenchon declarou guerra à Nutella, e pretende proibir que este produto seja comercializado na França se eleito, uma guerra contra o açúcar e a gordura hidrogenada. Como você está percebendo esta guerra contra o açúcar e este cenário no Brasil?

Este é um assunto que está em voga no mundo inteiro. Nós na Prawer, nunca utilizamos gorduras hidrogenadas em nossas formulações. Nos chocolates, a fonte de gordura é a manteiga de cacau. No sorvete, creme de leite. Isto se reflete diretamente na qualidade do produto, com sabor e textura muito mais apurados. Quanto ao açúcar, já tomamos várias providências para reduzir o índice deste insumo em nossas formulações. Para se ter uma ideia, na última alteração de formulação que fizemos na nossa massa de chocolate ao leite, reduzimos em 7% o percentual de açúcar e aumentamos em 6% o percentual de cacau. Ou seja, esta é uma busca constante da nossa equipe de P&D.

Artisan Selection da Prawer - Foto: João Ricardo

 3- A Prawer está sempre lançando novidades, o que esperar para a temporada do Natal?

A busca pela inovação está no DNA da Prawer. E, nos dias de hoje, com os costumes da população mudando de maneira tão acelerada, se não estivermos alertas, seguindo e criando tendências, acabamos sendo engolidos pelo mercado. Assim, claro que dentro de nossos preceitos e filosofias, buscamos novidades o tempo todo, a fim de atender os novos desejos e necessidades de nosso público consumidor. E o Natal acaba sendo uma grande vitrine, pois é durante esse período que recebemos o maior número de pessoas aqui em Gramado. Este público leva nossos produtos para todo o Brasil. Assim, estamos com uma expectativa muito grande para este Natal.

Linha Essencial da Prawer - Foto: João Ricardo

4- Quais são as motivações para que as pessoas consumam Chocolate? Tens ideia quantos % da população brasileira consome chocolate?

O chocolate deixou de ser uma guloseima e tornou-se um aliado à saúde de seus consumidores. Claro que falo isso do chocolate de qualidade, com altos teores de cacau e sem adição de gorduras hidrogenadas e/ou interesterificadas. O cacau é uma grande fonte de resveratrol, que é um polifenol antioxidante que ajuda no combate do envelhecimento precoce das células. A região sul do Brasil é a maior consumidora per capita, em solo brasileiro, com consumo muito acima das demais regiões. Mas ainda está muito abaixo do consumo de países da Europa, tais como Alemanha, Suíça e França.

 

Foto destaque: Divulgação