/Cine Goumert é arte em três dimensões

Cine Goumert é arte em três dimensões

image

Fotos: Cibele Peccin

Ir ao cinema e depois sair para jantar é um programa que muita gente boa curte. Decidir o filme e o restaurante pode ser uma atividade mito mais complexa do que parece. Dilema este que o Casa da Montanha resolve e entrega pronto  para você: o filme, o cardápio e um chef de renome que é escolhido com esmero. A simpática e prestativa equipe do hotel deixa tudo pronto para você.

Esta experiência não é sazonal, a cada trinta dias o Cine Goumert volta ao palco nos  dias 01, 02 e 03 de agosto. Na sexta tem a recepção aos hóspedes e convidados, além de uma degustação de vinhos e espumantes. No sábado tem o chá da tarde, na varanda do hotel. À noite a programação tem início às 19h, com o coquetel, e depois ocorre a exibição do filme “Se Beber Não Case”, dirigido por Todd Phillips, que armam uma empolgada despedida de solteiro.

image

Gabriela Vilar de Carvalho é chef de cozinha e restaurantrice, responsável pelo Quintana Café e Restaurante, em Curitiba é que vai comandar esta noite. Formada em hotelaria pela faculdade Suíça Les Roches, especializou-se no setor de alimentos e bebidas e lecionou na faculdade Endicott, em Boston, nos Estados Unidos.

A experiência é o que conta e as surpresas são várias, desde a chegada até a hora que você ir embora. Fui assistir o filme “Um casamento à Indiana”, de Mina Nair, filme premiado com o Leão de Ouro de Melhor filme no Festival de Veneza. O Chef da noite foi Thiago Sodré, que comanda o Sawasdee Bistrô, que para mim é o melhor restaurante de comida tailandesa do Rio de Janeiro.
image

Foi uma noite ímpar, ao chegar os convidados eram direcionados a entrar no clima do filme com pinturas indianas, uma apresentação de danças porém naquela noite, em especial, o público se dividiu. Afinal, na telona, estava passando Holanda x Costa Rica, até que o jogo não encerrou o público não aderiu a aurea indiana que pairava no ar.

O filme é excepcional e mostra muitos dilemas que a vida nos apresenta todos os dias. Após o filme, a surpresa, uma mesa muito bem montada e super colorida esperava os convidados. Sentei com portoalegrense, Mary Elisabete Alvarenga de Jesus, que há três anos sobe a serra uma vez por mês para participar do Cine Goumert, pois é colecionadora dos pratos da Boa Lembrança, na mesa ao lado o paulista Anésio Fascina, veio especialmente para o evento e trouxe aproximadamente 10 familiares com ele. Fascina é colecionador dos pratos da Boa Lembrança desde 2002, e tem 1.313 pratos, para abrigar toda a coleção ele tem uma casa no interior de São Paulo, onde gosta de reunir os amigos e a família para degustar os mais diversos pratos.

image

Experiência única e original onde todos os participantes percebe o valor especial e com certeza fica com o gostinho de quero mais. Quem não gosta de um bom filme, um jantar especial, companhias agradavéis e um bom vinho? E neste quesito os vinhos oferecidos pela Wine Vinhos foram perfeitamente selecionados. Que venha mais oito anos de Cine Goumert, este que é um exclusivo momento de arte e poesia em três dimensões.