/Como virei escritor!

Como virei escritor!

Em 2019, ano de pandemia, recebi um convite inusitado: ser coautor de um livro. Isso mesmo, escrever um livro. Não somente escrever um capítulo, mais sim fazer o fechamento do livro, contando a minha história.

Escrever não é somente riscar um papel com palavras, é muito mais que isso. Não é simples e muito menos fácil de se fazer isso. Era somente contar a minha história, contar o que aconteceu comigo na minha vida de empresário, “o dia em que acordei devendo um milhão de reais”.

Tentar descrever cada etapa dessa história foi dolorosa e ao mesmo tempo gratificante, pois não é todo dia que alguém contrai uma dívida desse tamanho, e ainda consegue pagar. Foram 9 longos anos de muito trabalho, persistência e determinação para poder honrar todos os credores.

Empresários quebrarem no mundo não é novidade, tanto os pequenos como os gigantes podem passar por um momento desse. O detalhe é como você pretende sair dessa, quais são as dicas, quais os segredos.

No livro EDUCAÇÃO E GESTÃO FINANCEIRA – COISAS QUE NINGUÉM TE CONTA, traz além da minha história, uma série de dicas bacanas de outros especialistas. Somos em 20 autores, cada um falando de uma área específica, deixando o livro muito interessante.

Levando em conta o cenário que estamos vivendo de retomada da economia, esse livro deveria ser uma leitura obrigatória. Durante a leitura, você vai encontrar inúmeras dicas e mitos que são quebrados e contados, tintim por tintim. Vale a pena mesmo!

Hoje, além de ter pago a minha dívida e ter construído um patrimônio, tenho 03 empresas, uma delas com 18 anos de história. Inclusive ela foi o pivô de onde tudo começou. Lembrando que ela não foi a culpada, mas sim a minha falta de experiência e não gestão financeira do negócio. Embora a faculdade de administração tenha me ensinado a “teoria”, na prática as coisas são bem diferentes. Quero poder ajudar pessoas, quero que quem leia o livro não passe pelos mesmos erros que cometi.

Não quero nunca mais passar por uma situação dessas na minha vida, e nem desejo isso para ninguém. Foram dias muito difíceis, muito duros, onde se exige bastante do seu psicológico.

O que aprendi com isso?

Foram inúmeros ensinamentos, mas destaco um em especial:

Erre barato e aprenda rápido.

Ronaldo de Paula
Administrador de empresas, Coach, Especialista em Vendas