/Congresso um ponto alto do evento

Congresso um ponto alto do evento

Foto: Rozangela Allves

Perde quem  pensa que o Festuris é  feira e festa. O Congresso que aconteceu no Serrano Resort e as palestras nas salas de capacitação que aconteceram no Serra Park foram de alto nível. Por lá nomes como do palestrante Dado Schneider (foto), Eduardo Tevah, Márcio Favilla entre outros engradeceram o evento. Paulo Kendzerski, diretor presidente da WBI Brasil, apresentou uma palestra sobre as Mídias Sociais – Sua Empresa nas Mãos do Consumidor. Para ele, apesar das empresas estarem inseridas nas mídias sociais e nas redes, elas ainda pensam de forma analógica. “99% das empresas ainda usam o mesmo modelo de 20 anos de comunicação de mão única. Postam mil coisas, mas não se comunicam com seus clientes e fãs”, disse.

Segundo ele, a grande dificuldade das empresas é oferecer uma experiência agradável para que ela seja escolhida pelos clientes. “A incompetência digital derrubará uma de quatro empresas até 2017”, afirmou. Um exemplo citado por ele foi a falta de continuidade e relacionamento com os fãs. “Se o Facebook acabar nenhuma empresa tem os dados de seus fãs, assim como aconteceu com o Second Life e o Orkut. É preciso identificar as oportunidades e saber aproveitar”, comentou. 

Para ele, tecnologia sem marketing não dá resultado. “A tecnologia nos permite avançar no segmento, mas é o marketing que impulsiona a decisão dos clientes”, afirmou. “Não adianta ter muitos fãs no Facebook se nenhum deles está falando de você na rede”, lembrou. Na opinião de Kendzerski, responder e interagir com os fãs são ações importantes e dão resultados. Já dado Schneider, caminhou nesta mesma linha apontando que para vender no século XXI, se faz necessário mudar e inovar. Eduardo Tevah, fez a platéia gargalhar com suas quatro dicas valiosas, em especial atender o cliente de forma humana e não deixar tocando a música ou o robozinho falando ao telefone.