/Crudo: literalmente uma obra de arte

Crudo: literalmente uma obra de arte

Tem vinhos e tem vinhos. Degustei o Crudo e de cara me apaixonei pelo rótulo.  Fui pesquisar, pois não conhecia, e nesta busca me apaixonei de novo ao saber que cada rótulo é uma parte de uma obra de arte criada pelo Sommelier e artista Pablo Onzi Perini. O vinho foi desenvolvido pelo Pablo e o enólogo Leandro Santini (ele foi eleito o melhor enólogo ano em 2019, pela ABE – Associação Brasileira de Enologia) ou seja, é a arte líquida do qual se degusta com suavidade, é a arte no seu mais puro simbolismo traduzida por traços marcantes e cores exuberantes. Gostei? Muito. Até porque despertou aquele desejo de saber mais sobre o vinho e sobre o processo. Não tive dúvida, logo me conectei com o criador; E para minha surpresa, além das obras de artes, ele desenvolve um trabalho todo voltado para o social onde apoia a Associação Criança feliz, que apoia mais de 230 crianças. Respirei fundo e percebi que o mundo tem salvação.

Os vinhos elaborados a quatro mãos é vegano e tem a menor interferência no processo, extraindo o que de fato a uva oferece. As uvas são da Serra Gaúcha.  A dupla de criadores tem em suas diretrizes, a versatilidade e a ousadia na escolha do uso de vários terroirs. Aviso aos amantes do vinho, não espere um vinho tradicional.

Os dois rótulos que eles apresentam são: Trebuono e o Nero de Bianca. O Trebuono elaborado da uva trebbiano, apresenta uma das castas mais icônicas da imigração italiana, para uma versão totalmente autoral. As cascas se rompem e o suco é fermentado sobre elas. A trebbiano é uma uva bastante versátil e se adapta bem em diferentes terroirs. Vinho elegante, refrescante de corpo leve e maciez com uma leve acidez. Um gole convida a outro e assim vai indo…  já o Nero Bianca, digamos assim, é uma brincadeira deliciosa, acreditem é um corte de moscato e merlot. Se o merlot tem em suas características de frutas vermelhas, aroma intenso e especiarias, a moscato vem com as suas flores e frutas brancas. Uma é puro frescor e a outra é estrutura. O que surge aqui nesta brincadeira? Elegância e robustez. O resultado foi 91 pontos no Guia Descorchados vinho revelação, melhores tintos e Melhores de Farroupilha. Não é para menos, um vinho com muita personalidade. Já dançaram uma valsa? Talvez seja esta a reposta mais próxima de explicar este vinho. Embora creio que não vem ao caso explicar, e sim, degustar e sentir, pois é neste sentir que vem a tona os mais diversos significados e conexões para nossa vida.

Sugiro que deguste os dois vinhos. Além de você ter uma surpresa em boca, você vai ajudar as crianças a serem mais felizes. Lembrando que cada rótulo do Crudo é parte de uma tela única e exclusiva pintada manualmente pelo artista e sommelier Pablo Onzi Perini.

WhatsApp Image 2021-10-07 at 09.34.57

Deixe-se encantar por verdadeiras obras de artes, traduzidas em forma líquida. Estes vinhos harmonizam com a vida.

#cheers