/Dia do enólogo (a) àqueles que nos fazem felizes

Dia do enólogo (a) àqueles que nos fazem felizes

Você sabia que dia 22 de outubro é comemorado o dia do enólogo? Esse profissional que é um verdadeiro especialista no universo dos vinhos e tem conhecimentos que muitas pessoas que também amam essa bebida, um dia sonham em ter.  Pois então, é comum as pessoas confundirem Enólogo com Sommelier e com enófilo. E você, sabe a diferença entre estas nomenclaturas e afazeres?

Nesse dia do enólogo, que tal conhecer algumas estratégias para você poder surpreender amigos e familiares quando for falar de vinho?

Começamos por explicar que Enólogo é a pessoa que elabora o vinho, que acompanha todo o processo desde o plantio da uva passando pelo processo de vinificação e até a venda final. E muitas e muitas vezes participa deste momento. É o grande mágico.

Já o Sommelier ou sommeliére é o profissional além de vender o produto também tem que encantar o cliente sobre esse produto. O grande papel do sommelier é entender o que o cliente quer.

Muitas vezes em um restaurante, por exemplo, o vinho que vai combinar com o prato e que esteja em uma faixa de preço tal – o bom sommelier vai indicar isso. Ele sabe ler e entender seu cliente, suas necessidades e seu paladar, e vai indicar o vinho de acordo com o paladar do seu cliente. O mais gostoso é a gente contar e encantar a pessoa com histórias.

E o enófilo é o grande apaixonado por vinho e, muitas vezes, manja muito mais de vinho do que o próprio sommelier ou outras pessoas que estudam, porque são pessoas que gostam, que procuram essa cultura.

Aprender

A melhor maneira de realmente mergulhar no universo dos vinhos e conhecer melhor essa bebida é, primeiramente, aprender o que realmente é o vinho.

Em resumo, o vinho é um resultado da fermentação natural de uvas sãs. Ou seja, não existe um vinho de outro alimento que não seja a uva e desenvolvido por outro processo que não seja a fermentação natural.

Saber ler o rótulo

A leitura do rótulo é uma das etapas mais importantes da avaliação de um tipo de vinho. Um bom conhecedor dessa bebida sabe que praticamente todas as informações que você precisa ter sobre um determinado tipo de vinho estão lá, no rótulo.

Por isso, é importante saber avaliar em um rótulo:

O nome do produtor;
O ano da safra;
O tipo de uva;
A região e país produtor.

Antes de escolher um bom vinho, portanto, é importante pesquisar um pouquinho sobre os principais produtores, as uvas mais comercializadas e quais safras foram bem avaliadas em cada ano. Dessa maneira, ao ler o rótulo, você terá mais facilidade para identificar um bom vinho.

Conhecer bem as regiões e países produtores

Vários países no mundo produzem vinho, mas existem aqueles que são especialistas nessa prática e que dominam o mercado mundial dessa bebida. Conhecer esses principais produtores e suas regiões que são conhecidas por seu terroir característico também pode ajudar a ter mais informações para opinar e escolher uma boa garrafa de vinho.

Por isso, tire um tempo para pesquisar os países que são referência nesse mercado, explorando também as características de suas regiões produtoras.

Conhecer as principais uvas e suas características

O universo dos vinhos conta com mais de cinco mil uvas viníferas cultivadas em todo o mundo e, por isso, existem muitos sabores e aromas diferentes para se explorar. Para você não se perder em meio a tanta opção, é importante conhecer pelo menos as principais uvas presentes no mercado e suas características, para saber o que esperar de um vinho preparado com uma determinada cepa.

Existem uvas que vão resultar em vinhos mais encorpados e marcantes, enquanto outras são caracterizadas por sua leveza e frescor. A melhor maneira de saber o que aguarda você em uma taça, é conhecer as características básicas de algumas delas.

Ler bastante sobre vinhos

Se você está interessado em conhecer mais sobre o universo dos vinhos, precisa dedicar um tempo de sua rotina a leitura sobre o assunto. Busque por livros que contam histórias das uvas, das regiões produtoras e das vinícolas e não se preocupe em optar pelos livros maiores – existem muitos pocket books sobre vinho que podem quebrar o seu galho na hora de aprender o básico sobre essa bebida.

Ficar por dentro do universo do vinho

Para saber opinar sobre um bom vinho, é preciso conhecer o básico sobre esse universo. Conhecer o nome dos especialistas do mercado – no Brasil e no mundo – quais são os principais sommeliers e até as premiações, são alguns cuidados que valem a pena acompanhar.

Você não precisa ser um verdadeiro expert nesse assunto, mas é interessante saber identificar nomes e siglas que podem estar relacionadas com o universo da bebida.

A litragem é o aspecto mais importante para um especialista

Não adianta estudar tudo o que você precisa saber sobre um bom vinho, se você não tem a experiência mais importante para um expert: a litragem.

Litragem significa o volume de vinho que você já saboreou e consumiu na vida. Quanto maior for o seu contato com a bebida, maiores são as chances de você desenvolver sensibilidade para conhecer suas diferentes características.

Por mais que à primeira vista pareça difícil se tornar um “expert” em vinhos, podemos afirmar que não é tão complicado quanto parece. Está animado para iniciar sua jornada nesse universo?

#Cheers