/Gramado recebe concessão para chocolate artesanal no Brasil

Gramado recebe concessão para chocolate artesanal no Brasil

O Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) publicou nesta terça-feira (15), a concessão de Indicação Geográfica, da espécie Indicação de Procedência, para o chocolate artesanal produzido em Gramado. O pedido foi solicitado pela Associação da Indústria e Comércio de Chocolates Caseiros de Gramado, em 26 de julho de 2018, mas o projeto iniciou em janeiro de 2016.

A secretária de Turismo, Rosa Helena Volk destaca a importância da certificação para os chocolates produzidos em Gramado. “A Indicação Geográfica do Chocolate é um grande diferencial para Gramado. Nosso produto mais vendido e que divulga nossa cidade pelo país ganha agora um selo de procedência. É um sonho antigo que demos início na nossa Administração anterior”, disse.

“Nossos produtos tão apreciados pelos visitantes mundo afora agora ganham mais um grande diferencial. É uma certificação que buscamos por anos, mas que agora foi concluída, com isso vamos usar a marca Gramado além-fronteiras. Só tenho a agradecer todos os envolvidos, mas principalmente aqueles que produzem essa iguaria procurada por todos que aqui chegam”, destaca o prefeito Nestor Tissot.

Incluem-se entre os produtos com certificação as barras, as ramas, os bombons, as trufas e as drágeas feitas de chocolate ao leite, chocolate branco, chocolate meio amargo e chocolate amargo, todos com massa de cacau inteiramente produzida em Gramado.

Crédito: Asscom/Prefeitura de Gramado