/Inteligência Artificial – O Futuro Hoje

Inteligência Artificial – O Futuro Hoje

Até pouco tempo atrás, muitas pessoas ainda viam o termo Inteligência Artificial (IA) como uma distopia de ficção científica. No entanto, esta visão está desaparecendo porque, hoje em dia, ela já é um termo de moda pela sua intensa presença no quotidiano pessoal. Mas, como qualquer outro jargão, ele é bastante discutido, controverso e mutante. Então, o que é Inteligência Artificial?

Basicamente, quando uma máquina possui a capacidade de executar funções cognitivas como realizar atos repetitivos, perceber, aprender, raciocinar e resolver problemas, ela possui inteligência artificial.

Mas, como isso é feito? Utilizando linguagens de programação, algoritmos e modelos, para não entrar muito na parte técnica.

O importante é conscientizar-se de que a IA está presente em todos os segmentos de mercado e, no de negócios, o maior índice de adoção está em sistemas financeiros e empresas de tecnologias e o menor na construção civil. E, no meio do baile, em diferentes níveis de maior à menor adoção, os setores automotivos, de energia, logística, varejo, saúde, turismo, educação e serviços profissionais.

Sua ampla adoção por várias indústrias traz uma enorme vantagem às empresas que integram IA em escala, pois dependendo do setor e do nível de adoção e de implementação, o seu potencial de criação de valor é imensurável, tanto na geração de receitas, quanto no aumento da qualidade, na melhora da produtividade, na personalização das ofertas e na redução de gastos.

Por exemplo, se uma organização usa IA para sua equipe de marketing, ela pode automatizar tarefas repetitivas permitindo que o vendedor se concentre na construção de relacionamentos, criação de leads e desenvolvimento de estratégias lucrativas.

Além disso, no âmbito pessoal, é crucial entender que estamos rodeados por IA nos celulares, carros, propagandas e jogos online e vários outros sistemas como os assistentes pessoais Siri (Apple) e Alexa (Amazon), assim como por meio dos algoritmos que analisam os comportamentos do usuário e, após análise, sugerem vídeos (Youtube), filmes (Netflix), músicas (Spotify) ou propagandas (Facebook e Google). Existem também os “chatbots” que permitem interações entre clientes e empresa para ver o status de uma atividade ou para encontrar soluções à determinados problemas.

Ou seja, a IA fornece uma tecnologia de ponta utilizada para lidar com dados complexos impossíveis de serem manipulados por um ser humano e, ao fazê-lo, permite que as pessoas se concentrem em tarefas de maior valor agregado, tanto para sua empresa, quanto para a sua vida pessoal.

E o futuro da IA, como será? É desafiante e difícil fazer previsões, mas atualmente já observamos realidades que, num passado recente, eram consideradas impossíveis como carros sem motoristas, sistemas cognitivos, robôs-quase-humanos e espaçonaves explorando o universo. Ou seja, apesar de imprevisível, o céu é o limite.

Tadany Cargnin dos Santos
Gerente de Globalização, IBM India
Escritor, Poeta, Palestrante e Conselheiro
tadany@yahoo.com

*Os autores dos artigos, vídeos e podcasts assumem inteira responsabilidade pelo conteúdo de sua autoria. A opinião destes não necessariamente expressa a linha editorial da Melhor do Sul.