/Mudanças no sistema de monitoramento controlado

Mudanças no sistema de monitoramento controlado

É possível que venham mudanças no sistema de monitoramento controlado no Rio Grande do Sul.

O sistema adotado há mais de um ano monitora o comportamento da pandemia pelo sistema de bandeiras. O governo do Estado se prepara para lançar um novo conjunto de indicadores do risco de contaminação por covid-19.

Provavelmente a partir deste sábado (15), entrará em vigor um modelo idealizado para abrir as atividades econômicas, e vai ofertar maior autonomia aos municípios. As novas regras deverão ser anunciadas pelo governador Eduardo Leite hoje (13) ou na sexta-feira (14).

O modelo foi muito criticado por prefeitos e associações empresariais. O mapa de distanciamento controlado deverá ser extinto, dando lugar a uma série de protocolos concebidos para tentar diminuir o contágio sem limitar o setor produtivo.

Na prática, o Piratini não deverá mais vetar o funcionamento de empresas, restringir horários ou proibir atividades. Caberá aos municípios ditar as regras, a partir de acordos regionais.

A grande questão que o “lockdown” impôs, e este formato, não deu os resultados esperados e colapsou a economia. O setor de turismo foi afetado drasticamente e os números comprovam isso. No Brasil, o setor acumula R$ 341 bilhões de prejuízos com a pandemia.

Estamos aguardando as novas regras.