/Museu Hugo Daros ajuda a manter a história de Gramado preservada

Museu Hugo Daros ajuda a manter a história de Gramado preservada

Com a missão de produzir conhecimento e valorizar a história de Gramado, a casa de pedras localizada na Rua São Pedro, 347, hoje denominada Museu Municipal Professor Hugo Daros, guarda em seu interior boa parte da história do município. O museu, que foi criado na década de 80, tem como principal objetivo documentar, preservar, conservar e comunicar a história de Gramado e das pessoas que fizeram parte de sua construção.

O acervo, composto por fotografias e por itens de pessoas que fazem parte da história de Gramado, começou a surgir antes mesmo da criação do museu, durante uma gincana municipal realizada na década de 70. Atualmente, novos itens são agregados ao acervo através de doações da comunidade. “Percebemos que após a pandemia as pessoas se reconectaram com suas origens e passaram a nos procurar mais. Esse contato com os gramadenses é muito importante porque as pessoas nos trazem suas histórias e doam materiais com enorme valor histórico”, afirma o museólogo da Prefeitura de Gramado e responsável pelo museu, Márcio Dillmann Carvalho.

O patrono do museu, professor Hugo Daros, foi um exemplo de participação humanitária, política, cultural, esportiva e educacional em Gramado. Ele também é considerado o primeiro historiador da cidade. No museu, é possível encontrar itens que pertenceram ao professor, como seu título de eleitor e materiais que eram usados em seu escritório.

O Museu Professor Hugo Daros tem entrada gratuita e seu funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 9h às 11h45 e das 13h30 às 17h45.