/Sebrae RS lança marca com foco em inovação

Sebrae RS lança marca com foco em inovação

Sebrae X – Conexões para Inovar foi apresentado na tarde desta terça-feira (24) no Instituto Caldeira, em Porto Alegre

O Sebrae RS lançou o Sebrae X – Conexões para Inovar na tarde de ontem, 24 de agosto, no Instituto Caldeira (Tv. São José, 455 – Navegantes), em Porto Alegre. O evento teve transmissão ao vivo nas plataformas digitais e redes sociais (@sebraex). Trata-se de uma nova marca dentro da organização, com o foco em ações voltadas à inovação, a fim de gerar projetos para ampliar a atuação do Sebrae RS na conexão de pequenas e grandes empresas, acesso a investidores e no desenvolvimento de startups. Também serão acelerados processos de inovação interna, consolidando a cultura de inovação entre os colaboradores, estimulando atitudes inovadoras, com programas voltados à cultura da inovação, ações de fomento e investimentos, além da criação e articulação de eventos.

O Sebrae X surge para ampliar o protagonismo inovador gaúcho, através do desenvolvimento do ecossistema local de inovação e de gestores de inovação regionais e serão desenvolvidos através de sete frentes de atuação em inovação: Inovação Interna, Inovação Aberta, Programa de Desenvolvimento para Startups, Atitude Inovadora, Eventos, Investimentos e Ecossistema.

“Queremos consolidar o Sebrae RS como um dos principais líderes da inovação no Estado, através de ações estratégicas e direcionadas. Vamos ampliar ainda mais nossa atuação na conexão dos principais atores de inovação, pequenas e grandes empresas, investidores e startups, instituições parceiras, governos e iniciativa privada”, destaca o diretor-superintendente do Sebrae RS, André Vanoni de Godoy.

A partir da criação da marca, que conecta as diversas ações já existentes do Sebrae RS na área, está no radar também uma linha de atuação inédita da organização: a possibilidade de realizar investimentos diretos em startups que apresentem propostas de negócios aptas a solucionar problemas reais do mercado, com elevado potencial de transformação da economia gaúcha, ampliando o acesso a capitais pelos empreendedores e editais de inovação.

Sebrae X – Divulgação – Crédito: Jerônimo Silvello

Confira as sete frentes de atuação do Sebrae X

Inovação Interna

Além de ter frentes que se voltam para o mercado, esta iniciativa pretende olhar para novas oportunidades e modelos de negócios para o próprio Sebrae RS. Não é possível trabalhar a inovação para fora sem que a cultura interna da empresa sustente a inovação para dentro, sendo esta a meta do Programa de Cultura da Inovação, atualmente em desenvolvimento na organização. Outra iniciativa nessa frente é o X Ideias – banco de ideias interno -, alimentado pelos colaboradores e que avaliará oportunidades com potencial de transformação interna da empresa.

Inovação Aberta

Trata-se de um trabalho em parceria com grandes empresas e startups, ligados ao desenvolvimento de desafios, resolução de problemas e conexões para gerar soluções inovadoras. Fazem parte desta frente de atuação a Inno2b (plataforma para o desenvolvimento de desafios); Hackathons e o SebraeX Lab. Além disso, há o plano de ampliação das células de inovação, com o lançamento do SebraeX Caldeira, um espaço localizado no Instituto Caldeira e, futuramente, a abertura do Sebrae X Tecnopuc, um ambiente dentro do Parque Tecnológico da PUCRS, em Porto Alegre.

Startups

O desenvolvimento de programas de startups e sua interiorização terá ainda mais ênfase, por meio de ações como o Programa StartupRS, que existe desde 2015 e possui suas versões de acordo com o estágio de maturidade da startup (Start, Digital, Scale) ou conforme o segmento de atuação (Agritech e Shoes). O programa já atendeu mais de 500 startups no RS. Através dele, empresas validam o seu modelo de negócio, têm acessos a novos mercados, escalam suas vendas e ainda ficam em contato com mentores, players e especialistas de mercado, além de servir como um trampolim para o contato com grandes investidores a partir dos eventos e conexões.

Outro programa que será ampliado é o Go Global, programa desenvolvido com os parques tecnológicos da PUC, UNISINOS e UFRGS, mais a Unicred, que tem um olhar de internacionalização das startups, conectando estas empresas com mercados no exterior. Também fazem parte desta frente o Desafio de Pitches Sebrae Like a Boss e o Ranking 15 Startups para ficar de olho.

Sebrae X – Divulgação – Crédito: Jerônimo Silvello

Atitude Inovadora

Programas para estímulo ao mindset inovador tendo como foco o desenvolvimento das pessoas, como elas se conectam com a inovação e trabalham conceitos, apropriando-se de todo este movimento de transformações que vivemos. Entre eles, está o Kick-Off. O programa insere os conceitos de atitude inovadora para que uma pessoa possa potencializar suas ideias e habilidades empreendedoras, desenvolvendo-se e aplicando-as em seus atuais ou futuros negócios.

Eventos

Fomento, articulação e realização de eventos próprios de inovação, como o Salão de Inovação na Mercopar, o StartupDay e o Insight Sul, que irá promover conexão e troca de experiências entre milhares de empreendedores gaúchos de pequenas e médias empresas, nos dias 10 e 11 de setembro. Em sua segunda edição, o Insight será realizado este ano em formato híbrido, mesclando encontros presenciais e a possibilidade de imersão online via passaporte digital, contemplando interessados de todo o Estado. Esta frente de atuação insere o Sebrae RS no processo de conexão e participação de eventos realizados por parceiros, através de conexões e conteúdos para os empreendedores.

Investimentos

Programas e ações voltados para o acesso a investimentos por startups. Farão parte desta frente de atuação o programa Do Anjo ao Unicórnio, que ensina como investir em startups, o Capital Empreendedor, pelo qual as empresas são capacitadas para buscar investimentos e recursos e os Editais de Inovação, por meio dos quais o Sebrae RS apoia projetos inovadores de empresas tecnológicas e startups através de subvenção econômica, com recursos não reembolsáveis. Há ainda o plano futuro de investir capital do próprio Sebrae RS diretamente em startups.

Ecossistema

Trata-se de todo o trabalho relacionado aos Ecossistemas Locais de Inovação e, também, a ativação dos ambientes de inovação do Estado, nas regiões e municípios, incluindo as parcerias com os parques tecnológicos, as incubadoras de empresas e os hubs de inovação. Esta frente inclui a ampliação dos Gestores de Inovação Regionais do Sebrae RS, que atualmente são em número de nove, um para cada região do Estado onde a organização tem unidades de negócio.

Sebrae X – Divulgação – Crédito: Jerônimo Silvello

Uma programação com palestras e troca de experiências

A programação do evento, que aconteceu ao longo da tarde de ontem no Instituto Caldeira, em Porto Alegre, apresentou algumas das mais modernas iniciativas que irão contribuir ainda mais para o desenvolvimento do empreendedorismo no RS e contou ainda com dois talk shows comandados respectivamente pelo sócio-fundador da Warren, Tito Gusmão, e pelo sócio-fundador da Aegro, Pedro Dusso.

Ricardo Cavallini resumiu bem o conceito que norteia o mundo dos negócios de hoje na palestra ‘‘Tecnologias exponenciais e o Impacto no Mundo dos Negócios’’. “Há hoje um ambiente complexo e repleto de desafios e oportunidades”, disse o professor da Singularity University, embaixador MIT Sloan Management Review Brasil, autor de seis livros que abordam tecnologia, negócios e comunicação, além de ser um dos apresentadores do Batalha Makers no Discovery Channel (Brasil e Latam). Cavallini mostrou que a inovação não se trata mais de olhar para o futuro, mas para o presente, trouxe exemplos de atitudes inovadoras e ainda respondeu a perguntas. O encerramento do Sebrae X ficou por conta do empreendedor Pedro Waengertner que falou sobre seu mais recente lançamento, o livro ‘‘Transformação Radical’’. Assista ao evento através do link: youtube.com/watch?v=kI0ZfPEUAlM. Siga @sebraex no Instagram.

Fotos destaque / Foto 1 / Foto 2 / Foto 3 – Crédito: Jerônimo Silvello